O batucar da vida VIII

Ondas sonoras que acalmam meu interno, sinfonia celestial que conforta meu coração, um ritmo só, o batucar da vida batuca meu coração fazendo-o dançar, não o deixando parar, engrenagem da qual faz essa máquina funcionar, se mexe para lá e para cá, acompanha o batucar que ecoa do céu e chega até mim, o Maestro que compôs tais movimentos. Estou aprendendo a lhe acompanhar, muitas das vezes me perco com os sons de tristezas que circulam o mundo, os gritos de tormentos que ecoam nos corações vazios, me concentro para sentir tua presença e que nada mais importa a não ser dançar a valsa que o Senhor batucar, esse batucar é calmo, mas não sonolento, batucar que deixa todos atentos. Nesta sinfonia não é só de se escutar, mas sim de acompanhar o Maestro, ver sua ordenança e executa-la com perfeição, dança da qual pode te fazer chorar de tanta perfeição ou te fazer sorrir por ser tão perfeita, basta observar e desejar acompanhar a melodia que assim você se tornará apreciada ao Senhor. Deve ser atencioso para sentir cada batucar, cada toque é muito importante para que o caminhar seja completo, nada pela metade e sim por inteiro, realização que se deve ser feito com muita atenção, abre o olhos e o coração para enxergar e sentir o caminho da salvação.

Por Luiz Gustavo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 13 =