O mal não pode prevalecer!!!

O mal anda em derredor sempre à espreita de uma brecha para surrupiar a consciência, temos que ficar atentos, pois qualquer coisinha onde não vemos maldade, o inimigo está fazendo a sua cama para se deitar. Vejamos isto em nós mesmos, de como agimos naquilo que nos chateia, no que nos aborrece, no que nos tira do sério, às vezes pensamos ser nada, mas é esse nada que achamos, que nos tira de Deus, podem analisar! Nós perdemos a paciência por tão pouco, o coração se enche de raiva, de ódio, de ira, de soberba, de superioridade, de luxúria, e para que isto se estamos nos limpando de todos estes sentimentos? Falamos todos os dias que esses males tiram a nossa consciência da vida eterna, e o que fazemos se qualquer coisinha explodimos por dentro e por fora? Será que é desse jeito que agradamos a Deus com o peito esborrando de coisas ruins? Será que não vemos os trejeitos carnais se manifestando no espelho ou será que somos tão burros que não enxergamos o sibilar da língua envenenando a própria consciência? Não pode deixar o mal prevalecer, pois se isso acontece o filho da vida míngua dentro do ventre e o mal cria forças porque está sendo alimentado. A nossa casa tem que servir a Deus de verdade, sentir o que vem da sua boca, plantar as palavras no próprio coração e não cruzar os braços e relaxar, somos apenas um no corpo de Deus, ninguém deve querer ser mais que o outro em nada, somos iguais e não diferentes, lutamos para fazermos parte da vida, lutamos para conquistar o céu, mas também temos que sermos um para o outro de verdade, assim como Deus é conosco. O mal não se vence com a força do corpo, mas com a força do raciocínio, sabedoria e determinação, plantar a vida e o seu bem dentro da alma a cada momento nos faz enxergar cada passo que damos, nos faz enxergar nossos pensamentos maldosos, aqueles que nos amarram, nos prendem e em poucos segundos o tempo fecha, as flores murcham e o semblante fica demoníaco, o diabo toma de conta não tendo nada a ver com o Cristo de Deus, mas é apenas uma consciência que mudou de estado, variações, uma consciência carnal se mostrando quem realmente é e o que ainda tem dentro do coração. O mal não pode prevalecer dentro das nossas consciências, mas o Espírito de Deus sim, este deve crescer e se espalhar por todos os cantos do templo…

Por Maria Lúcia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 4 =