Didática

Método de ensino. Como colocar um conhecimento dentro de uma consciência? A pedagogia tenta analisar qual é o conhecimento geral que se deve ensinar para uma consciência. Por exemplo: se uma pessoa quer ser advogada, deve estudar direito, se quer ser um cardiologista, deve estudar sobre o coração, se quer estudar reações atômicas, deve estudar química, e assim por diante. Eu, particularmente, falo da razão da existência humana e vejo pelo olho de quem criou o ser humano, pois se o Criador do ser humano não souber o porquê o criou, quem saberá? E foi buscando o Criador Deus que eu descobri o porquê Ele criou o ser humano, isto é, descobri o que o ser humano produz como criação que interessa a Deus e dentro deste assunto eu descobri tudo.

Descobri que o propósito da vida tem três fases, a saber; a fase de espermatozóide, a fase humana e a fase espiritual. Hoje nós estamos aqui apenas na segunda fase da vida e para passarmos da fase de espermatozóide a fase humana, houve um princípio praticado dentro das leis da procriação. Sei também agora que para passarmos dessa fase humana a fase espiritual existe um só caminho regido por leis e princípio, praticou o princípio dentro das leis da procriação espiritual, o nosso nascimento no espírito é certo, e é sobre estas leis e princípio que eu falo, mas como passar esse conhecimento as outras consciências que não se interessam pela vida eterna delas? Mesmo elas sabendo que vão cair no vazio eterno, não se importam com o propósito do Criador Deus e nada chama a atenção das consciências para este assunto, não tem o que eu faça para alguém me dar ouvidos.

O propósito seria justamente a consciência deixar de andar pela carne e passar a andar pelo espírito que Deus já nos assentou pela vida, mas ninguém se interessa por este conhecimento, vão morrer, jogar a consciência que produziram no vazio eterno, e tudo bem, não sabem a desgraça eterna em que vão cair e vivem essa vida aqui do mundo como se fosse a única alternativa de vida que têm. O conhecimento do propósito de Deus ficou só para mim, e eu acredito que se a própria consciência não buscar este conhecimento para descobri-lo, falar dele como falo, não adianta, porque alguns podem até entender, mas sem prática de nada adianta.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 10 =

Categorias

Postagens Rescentes