O dragão que me persegue

Eu ando atento para não tropeçar, pois o dragão vem me acompanhar, qualquer deslize no caminho da vida, ele já está atrás para me abocanhar. Ele já levou alguns irmãos que arregaram diante da aflição, dobraram os joelhos e satisfizeram a carne, e agora pensam que Deus não notou. Estamos diante de um tribunal, onde Deus é o único juiz, não cabe a nós julgar, mas pela lei não sei se salvarão, esperam pelo perdão de Deus, pois todos os irmãos aprendemos a amar, se Deus me ama e eu amo o meu amigo, peço a Deus que ele venha comigo.

A oração que eu faço para o meu Pai que Ele entenda os seus filhos mais fracos, e eu aqui como o irmão mais velho, olho por eles e também muito mais por mim. O tempo eterno muito me ensinou que a vida passa e não volta mais, a nossa vida aqui no mundo é efêmera, e quando vemos, tudo já passou.

A barra aqui não é fácil não, se os irmãos não derem as mãos, nenhum de nós teremos a salvação. Tentamos curar as feridas, mas o óleo tem que vir de Deus. Deus já sabe que o dragão desceu a Terra, e que hoje em dia não podemos vacilar, juntos somos bem mais fortes e Deus não deixará nenhum de nós nos perdermos.

 

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 11 =