Os dois senhores

Fazer de contas que não aconteceu nada, não vai livrar a tua consciência dos infernos, porque aconteceu, a não ser se a tua consciência andar pela lei que diz: bem-aventurado o varão cujo Deus não imputa o pecado; e se você é um desses varões, não precisa se preocupar com nada. Não que eu também, não tenha privilégios, mas não conto com esta lei. Se eu ando pelo espírito, por que teria prazeres com a carne? Os meus prazeres estão no espírito. Por que tenho que andar pelos prazeres carnais e contar com o perdão de Deus? Você está montando uma nova doutrina, eu digo que sou espiritual, mas tenho prazeres carnais. Afinal de contas, a tua consciência é espiritual ou carnal? Eu vivo pela carne neste mundo e depois viverei eternamente pelo espírito lá no céu. Onde você viu isto na lei de Deus? A lei que conheço é perder uma vida para ganhar a outra. Outra lei diz, ninguém pode servir a dois senhores, ou a tua consciência serve os desejos carnais ou serve os desejos espirituais.

A carne só entra no propósito da vida como criação, pois é ela quem produz a consciência, mas a vida está no espírito e a consciência deve se relacionar com o espírito e não com a carne. Me fale algum prazer que Jesus teve com a carne? A consciência dele era ligada no espírito. Paulo até citou alguns sentimentos como sendo da carne, e disse que quem tivesse estes sentimentos não herdaria o reino de Deus. Agora vem você dizendo tudo o contrário e falando que mudou a lei de Deus? Tudo bem, você é livre para fazer o que quiser, pensar o que quiser, mas não bate com a lei que conheço. Portanto você anda pra lá e deixa que eu ando pra cá. Você anda por sua verdade e deixa que eu ando também pela minha verdade. Somos conhecidos neste mundo, mas você anda por um caminho e eu ando por outro.

Enquanto estamos neste mundo, tudo bem, mas depois da morte, com certeza, você sairá num lugar e eu em outro. Espero que você saia onde pretende e se for no céu, com certeza, eu sairei nos infernos, mas eu te aconselho a andar pelo seu caminho porque o caminho do céu não é forçado. Eu não sou contra a tua consciência fazer o que quer, mas ela não pode me obrigar a fazer o que não quero. Ande pelo caminho que você quiser e eu também ando pelo caminho que quero e não precisamos estar juntos. Oi tudo bem, como você está? Tchau. E não precisamos brigar por isso, você sabe que sou teu amigo e tudo que puder fazer por você neste mundo, pode ter certeza que se tiver ao meu alcance, farei. Não precisa me agradar, fico até sem jeito com isto. Eu não tenho o coração mal-intencionado, como que esperando algo em troca, mas tudo que faço é de coração.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 18 =

Categorias

Postagens Rescentes