Será só imaginação?

Eu estou dentro de um propósito mesmo? Eu enxergo de fato isto, ou será só uma imaginação da minha cabeça? Eu vejo que há duas maneiras de ver as coisas, uma com os olhos carnais e outra com os olhos do entendimento, e com os olhos do entendimento vemos tão claro ou mais claro ainda do que com os olhos da carne. O olho do entendimento é o raciocínio lógico, e é por este olho que vejo todo o propósito da vida, e tem como errar? Jamais, pois é tudo muito nítido, as coisas se mostram pela verdade do que elas são, basta curar esses olhos. É com os olhos do entendimento que compreendemos tudo ao nosso redor, basta realmente querermos enxergar o propósito de Deus, não devemos ficar somente na imaginação, mas devemos colocar em prática todos os dias, a todo momento.

O propósito do nosso Criador é tão claro como a luz do dia, basta raciocinar esse propósito que enxergaremos, pois somos criações e devemos fazer a vontade do nosso Criador, pois que serventia teríamos se não fosse somente para realizar a obra de Deus? Está tudo nu e patente aos nossos olhos para vermos esta grandeza que estamos dentro, não tem como ser uma utopia, tudo isto que nos envolve é grandioso, é só encaixar perfeitamente as peças e ver tudo claramente. Quando colocamos cada coisa no seu devido lugar sentimos o prazer de estarmos de acordo com a sincronia da vida. Basta raciocinar, que enxergaremos tudo que nos envolve, o propósito da vida o qual estamos dentro, e fazermos dele nossa única prioridade, nossa vida, nossa única razão de viver, porque enxergamos a verdade, e vemos que não é obra do acaso, não é obra da nossa imaginação, ele é real, está aí para quem quiser realizá-lo, o querer agora é fundamental.

É preciso deixar as fantasias de lado, os sonhos e as loucuras, o que se mostra é claro e patente, palpável para qualquer cego, e luminescente para a escuridão. Não o vemos com estes olhos carnais, o enxergamos com o olho do entendimento, por uma simples folha conseguimos enxergar a sua imensidão, a sabedoria por trás de cada detalhe, isto é a prova de que não é coisa da imaginação e nem uma utopia, e sim o propósito de Deus se mostrando a nós todos os dias como ele é. Eu me enxergo dentro desta verdade, dentro da minha razão de existir, dentro de uma vida além deste mundo e dentro do que vejo ninguém me engana, o mundo inteiro pode falar o que for, mas nada rabisca ou apaga o que meus olhos contemplaram, pois é Deus quem cura minha visão e são por estes olhos ocultos que me ligo a lógica racional, o encaixe perfeito dos pensamentos, a coesão em sincronia com a perfeição do raciocínio lógico.

É a verdade de Deus e não tem como não ser, é muita sabedoria envolvida, a consciência que produzimos é a que tudo vê pelo próprio raciocínio, já vejo o quão grandioso é o propósito de Deus que nos envolve. São por estes olhos que vemos todos os dias cada canto de nossas consciências, o que nos causa espanto é ver de fato o que temos guardado em nossas gavetas. São por estes olhos que chega até nós a compreensão da grandiosidade que nos envolve, e esta por sua vez nos impulsiona, motiva a rasgar os maltrapilhos e tecer uma nova veste seguindo o gráfico da vida. É um caminho árduo, mas prazeroso, pois é algo para o meu Criador, para a vida eterna, o caminho da vida é radical, por isso pergunto: será só imaginação? É mostrado a todas consciências e de bilhares, uma escuta, e mesmo assim essa quer passar longe deste caminho, deve ser mesmo só imaginação.

 

Por todos os irmãos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + catorze =