Curar as feridas

Eu ando no caminho da vida e vejo que o propósito de Deus é maravilhoso, e realmente acontece aquilo que o apóstolo Paulo disse: todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados pelo seu decreto, como Davi que disse: eu elegi o meu Rei sobre o meu Monte Sião, ouvi o decreto do Senhor, Ele me disse: Tu és meu filho, Eu hoje te gerei. Quando uma consciência se inteira do propósito de Deus, inicia-se um processo de transformação, o espírito de Deus vai desligar a consciência da carne e liga-la nele pela vida eterna dela, e na lei está escrito que o espírito vai cortar a nossa consciência da carne para liga-la nele, vai fazer a ferida e vai curar.

Nós sabemos que toda ferida tem um tempo para cicatrizar, Jesus disse, que formamos um só corpo no espírito, o qual a cabeça é Cristo, e um irmão em Cristo verdadeiramente sente o outro irmão, mas quando uma consciência não consegue se desligar da carne e vai lá satisfazer os desejos dela, é porque não conseguiu passar pelo deserto, não conseguiu passar pelas aflições como Jesus disse: neste mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. Olha só o que Jesus fala desse irmão que foi satisfazer com o desejo da carne: se a tua perna direita te escandalizar, arranque-a, pois é melhor entrar sem a perna no reino de Deus do que todo o corpo ir para os infernos. É lógico que quando arrancamos uma perna, vai doer muito, mas você deve suportar a dor porque é para o teu bem, para não contaminar o corpo. Se amputar um membro do corpo já é dolorido e vai fazer falta, imagine no corpo de Deus? Mas Deus disse pelo profeta Oséias que vai curar a ferida, tudo é uma questão de tempo, mas continuamos no caminho da vida e deixamos aquele membro de lado, porque sei que o corpo de Deus tem o poder da regeneração, isto é, vai crescer outro membro no lugar. Tudo é uma questão de tempo e o interessante é que o corpo tem sentimento pelo espírito, mas aquele membro que é cortado perde todos os sentimentos que tinha pelo corpo, o corpo na verdade, dói e sente a dor, mas o membro amputado não sente mais dor nenhuma porque não faz mais parte do corpo. É como, como é, se um membro morresse, a princípio o corpo sente a dor, mas com o tempo como está escrito, o senhor cura as feridas e nos separa daquilo que estava nos prejudicando no caminho da vida.

Assim como Josué fez com Acã, que fez o que Deus disse para não fazer, que foi cobiçar as coisas deste mundo, mas Acã teve a sua pena, ele e sua família foram mortos, os seus amigos, os seus animais e toda sua casa foi arrancada no meio do povo de Israel e jogado no arraial do lado de fora e queimado, e assim extirpou o pecado de Israel, e Deus voltou a abençoar o povo, porque foi arrancado do meio deles o transgressor da lei de Deus.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 4 =