O caminho que eu ando

O Criador-Deus é um ser sábio e racional e Ele não anda por absurdos e é este o caminho que eu ando, o caminho do raciocínio lógico. Se um pensamento não tiver lógica dentro de um entendimento, eu descarto como absurdo, não é que para Deus tudo é possível que Ele age por irracionalidade. Como criação, nós produzimos a consciência como um fruto natural e fora de manifestar todas as coisas, é função da consciência também pensar, raciocinar, formar as ideias, ponderar e agir, e Deus já montou dessa forma para andarmos pelo raciocínio lógico. Dizer que um criador faz as vontades da sua criação, como os religiosos pregam, é totalmente irracional, pois o raciocínio lógico nos diz o contrário, foi a criação que foi criada para fazer a vontade do criador. E como uma criação realiza a vontade de quem a criou? Porventura não é pelo que ela produz? Exemplos: como que o ventilador realiza a vontade do ser humano que é o criador do ventilador? Porventura não é pelo vento que ele produz? Como que a caneta realiza a vontade do ser humano que a criou? Porventura não é pela escrita que ela produz? O que uma criação produz deve servir quem a criou e não ela mesma como os seres humanos fazem.

A consciência deve servir o espírito que Deus nos assentou pela vida e não a carne que é a criação. A consciência deve pensar, raciocinar, formar as ideias, ponderar e agir pelo espírito e não pela carne como todas fazem. O ser humano está fora de função como criação, e usufrui da própria consciência que produz. E o que vai acontecer por isso? Uma hora o espírito voltará a Deus, a carne vai para debaixo da terra e a consciência cairá num vazio eterno por falta de um corpo, pois nem voltou com o espírito a Deus e nem ficou com a carne que morreu. O propósito de Deus é justamente este, desligar a consciência da carne e ligá-la no espírito de Deus. Trata-se de uma metamorfose existencial dentro da consciência, pois tanto a carne quanto o espírito já estão dentro de cada um de nós.

Nós estamos neste mundo só por conta do propósito de Deus, não viemos aqui para outra coisa, a nossa passagem por este mundo é efêmera, e todos já sabem que na carne vão morrer. Na carne somos criações descartáveis, é tolice viver por ela e jogar a consciência que produzimos nos infernos, a nossa consciência tem uma vida eterna nos esperando lá no reino de Deus, basta desligá-la da carne que a produziu e ligá-la no espírito de Deus, pois se ela não fizer isto, cairá mesmo numa masmorra eterna. O tempo de vermos isto e realizarmos a vontade de Deus é o hoje, pois amanhã poderá ser tarde demais.

Por O teu espírito diz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 13 =